Açores :. Portugal

Açores, Portugal
O arquipélago dos Açores, Portugal

Açores é um arquipélago português composto por nove ilhas localizado no oceano Atlântico a uma distância linear aproximada de 1400 km de Portugal continental. As ilhas dos Açores encontram-se a uma distância de duas horas por avião de Lisboa, quatro horas do Reino Unido, quatro horas do Canadá e cinco horas dos Estados Unidos da América. Os Açores estão divididos em três grupos com um território de 2423,85 km2:

1 - Grupo Oriental dos Açores

  • Ilha de Santa Maria, com 97,4 km2
  • Ilha de São Miguel, com 759,41 km2

2 – Grupo Central dos Açores

  • Ilha do Faial, com 173,42 km2
  • Ilha Graciosa, com 61 km2
  • Ilha do Pico, com 447 km2
  • Ilha de Santa Maria, com 97,42 km2
  • Ilha de São Jorge, com 246 km2
  • Ilha Terceira, com 381,96 km2

3 – Grupo Ocidental dos Açores

  • Ilha do Corvo, com 17,13 km2
  • Ilha das Flores, com 143,11 km2
  • Ilhéus das Formigas
  • Recife de Dollabarat

O clima do arquipélago é marcado pelo anticiclone dos Açores, apresentando grande quantidade de humidade, chuvas regulares em grande abundância com a presença de ventos fortes ao longo do ano. Os invernos são chuvosos e os verões amenos e nublados. As temperaturas médias variam entre os 13ºC no inverno e os 24ºC no verão. As águas do mar têm uma temperatura média anual entre os 17ºC e 23ºC. Em alguns dias nos Açores podemos experienciar as 4 estações do ano

Os Açores são o local predileto para muitas espécies de aves para descanso, nidificação e reprodução. Os Açores incluem fauna muito diversificada, nomeadamente cetáceos, os mais comuns são os cachalotes, as baleias-de-bico, e golfinhos, existem peixes de menor dimensão, como o peixe-espada, o atum, a enguia, várias espécies de moluscos e bivalves, nomeadamente os polvos, as lapas, as cracas. As aves mais comuns são o milhafre, o pombo torcaz, o pombo da rocha, o priolo, o canário da terra, o cagarro, o garajau rosado. Relativamente a animais terrestres existem o coelho selvagem, a doninha anã, o furão, o morcego-dos-açores. Nos Açores existem duas raças de cães locais: o Cão de Fila de São Miguel e o Barbado da Terceira.

A flora dos Açores merece uma referência especial, nomeadamente pela existência da Floresta Laurissilva, uma floresta com milhões de anos. Esta floresta encontra-se situada no Planalto Central da ilha do Pico, na cordilheira de Santa Bárbara na ilha Terceira e no nordeste da ilha de São Miguel. As principais espécies são o loureiro, a urze, o cedro, o pau-branco, as hortênsias, as camélias e as acácias.
O relevo açoriano é muito acidentado devido à origem vulcânica do arquipélago, criando a paisagem natural das ilhas, nomeadamente na ilha de São Miguel onde existe o Vale das Furnas. As últimas atividades vulcânicas registadas foram: vulcão dos Capelinhos em 1957/58 na ilha do Faial e em redor da Serreta na ilha Terceira em 1998/2000. O ponto mais alto dos Açores encontra-se na ilha do Pico com uma altitude 2352 metros.

História e economia dos Açores

Diz-se que o Arquipélago dos Açores foi descoberto em 1427 por Diogo de Silves ou no ano de 1431 por Gonçalo Velho e recebeu este nome devido às primeiras aves que foram vistas na região, os açores, que seriam, na realidade milhafres. As ilhas foram povoadas entre os séculos XV e XVI por flamengos e portugueses. O arquipélago desempenhou um papel estratégico durante a época dos Descobrimentos devido à posição geográfica, situado entre o continente europeu e o continente americano. Os acontecimentos que merecem um maior destaque ao longo da história dos Açores são a resistência ao domínio espanhol do século XVI e o apoio à causa liberal durante a guerra civil do século XIX.
A emigração desempenhou sempre um papel importante na região, nomeadamente para os Estados Unidos da América e Canadá. A economia açoriana tem sido dependente da agricultura, pecuária e da pesca, nomeadamente a caça à baleia e cachalote. O turismo é o setor da economia mais importante da região, em especial na variante ecológica. Aqui o estado puro e selvagem das ilhas merecem um destaque especial devido a proporcionarem a realização de inúmeras atividades de natureza, nomeadamente a observação de baleias e golfinhos em estado selvagem, o mergulho oceânico, a observação de aves ou a observação de atividade vulcânica.

O Artesanato dos Açores

O artesanato dos Açores reflete as raízes e a história do povo açoriano e a sua ligação ao mar. Os temas de maior destaque são:

  • Bordados dos Açores: destaque para o Bordado de São Miguel, o Bordado da Terceira e o Bordado à Palha de Trigo do Faial
  • Miolo da Figueira: inclui peças tridimensionais com temas da cultura dos Açores
  • Rendas dos Açores: destaque para as Rendas Típicas do Pico e do Faial
  • Registos do Senhor Santo Cristo dos Milagres: são altares em miniatura construídos numa estampa do Senhor Santo Cristo e decorados com flores
  • Trabalhos em Escama de Peixe: artesanato típico dos Açores que consiste na utilização de matéria prima animal, nomeadamente dentes de baleia ou escamas de peixe

Açores, classificado Património Mundial da UNESCO

Os Açores têm duas zonas classificadas como Património Mundial da UNESCO:

  • Centro Histórico de Angra do Heroísmo: foi classificado como Património Mundial da UNESCO em 1983. Era um antigo ponto de paragem obrigatório durante a época dos Descobrimentos Portugueses, tem por principais referências o Forte de São Sebastião, o Forte de São João Batista, a Sé Catedral, o Convento de São Gonçalo, a Igreja de São Gonçalo e a Praça Velha. Este tema está desenvolvido mais à frente no artigo...
  • Paisagem da Cultura da Vinha da Ilha do Pico: foi classificado como Património Mundial da UNESCO em 2004. Abrange uma área total de 987 hectares e tem como referência dois locais: 1 - o Lajido da Criação Velha e, 2 - o Lajido de Santa Luzia, plantados em vastos campos de lava. A paisagem caracteriza-se pela existência de muros de pedra preta devido à lava. Estes muros foram construídos para proteger as plantações de uvas do vento e da água do mar. Esta paisagem única no mundo é o resultado da luta dos primeiros colonos do século XV que conseguiram transformar um local improvável para a cultura de vinho, num local que produz vinho de grande qualidade

Grupo Oriental dos Açores

Ilha de São Miguel

São Miguel é a maior ilha do arquipélago dos Açores, com aproximadamente 138 mil habitantes numa área geográfica de 744 km2, com 62,1 km de comprimento e 15,8 km de largura máxima. O Pico da Vara é o ponto mais alto da ilha com 1105 metros de altitude. A ilha de São Miguel é administrativamente organizada em seis câmaras municipais e sessenta e cinco freguesias:

  • Câmara Municipal de Lagoa, encontra-se organizada em cinco freguesias:
    1. Cabouco
    2. Ribeira Chã
    3. Rosário
    4. Santa Cruz
    5. Vila de Água de Pau
  • Câmara Municipal de Ponta Delgada, encontra-se organizada em vinte e quatro freguesias:
    1. Arrifes
    2. Ajuda da Bretanha
    3. Candelária
    4. Capelas
    5. Covoada
    6. Fajã de Baixo
    7. Fajã de Cima
    8. Fenais da Luz
    9. Feteiras
    10. Ginetes
    11. Livramento
    12. Mosteiros
    13. Pilar da Bretanha
    14. Relva
    15. Remédios
    16. Santa Bárbara
    17. Santo António
    18. Santa Clara
    19. São José
    20. São Pedro
    21. São Roque
    22. São Sebastião
    23. São Vicente Ferreira
    24. Sete Cidades
  • Câmara Municipal da Ribeira Grande: encontra-se organizada em catorze freguesias:
    1. Calhetas
    2. Conceição
    3. Fenais da Ajuda
    4. Lomba da Maia
    5. Lomba de São Pedro
    6. Maia
    7. Matriz
    8. Pico da Pedra
    9. Porto Formoso
    10. Rabo de Peixe
    11. Ribeira Seca
    12. Ribeirinha
    13. Santa Bárbara
    14. São Brás
  • Câmara Municipal de Vila Franca do Campo, encontra-se organizada em seis freguesias:
    1. Água d’Alto
    2. Ponta Garça
    3. Ribeira Seca
    4. Ribeira das Tainhas
    5. São Miguel
    6. São Pedro
  • Câmara Municipal do Nordeste, encontra-se organizada em dez freguesias:
    1. Achada
    2. Achadinha
    3. Algarvia
    4. Lomba da Fazenda
    5. Pedreira
    6. Salga
    7. Santana
    8. Santo António de Nordestino
    9. São Pedro de Nordestinho
    10. Vila de Nordeste
  • Câmara Municipal da Povoação, encontra-se organizado em seis freguesias:
    1. Água Retorta
    2. Faial da Terra
    3. Furnas
    4. Remédios
    5. Ribeira Quente
    6. Vila da Povoação

A ilha de São Miguel foi descoberta entre 1427 e 1431 e o povoamento começou a ser realizado em 1440 com portugueses oriundos do Algarve, do Alentejo, do Norte e da Estremadura. Passado uns anos surgiram os mouros, os judeus, os franceses e os ingleses. Vila Franca do Campo foi a capital dos Açores até ao terramoto de 1522. São Miguel foi ocupada por Espanha em 1582. A laranja foi entre o século XVIII e o XIX a principal fonte de rendimento da economia da ilha. Em 1870 a produção desta fruta diminuiu drasticamente devido ao surgimento de uma doença nos laranjais. Esta crise económica levou a um grande surto de emigração para o Brasil e para os Estados Unidos. A economia de São Miguel recuperou com o desenvolvimento de novas culturas, nomeadamente o ananás, o chá, o tabaco e a espadana. O turismo desenvolveu-se a partir da década de 1980.


menu