Viana do Castelo, norte de Portugal

Viana do Castelo é a cidade atlântica situada mais ao Norte de Portugal. Fica distanciada a cerca de 25 minutos do Aeroporto Internacional do Porto. Esta cidade portuguesa proporciona a quem a visita uma grande qualidade de vida devido à segurança que tem no seu meio urbano, à variedade do seu património e inúmeros equipamentos culturais, desportivos e sociais que dispõe. Viana tem uma grande variedade de locais onde é possível a prática das mais diversas atividades. Viana do Castelo está localizada entre o rio, a serra e o mar, o que permite ver paisagens de uma beleza ímpar em toda a Europa.

O centro histórico de Viana do Castelo (festejou 750 anos em 2008), está perfeitamente adaptado à atualidade: dispõe de mais de 4 kms de zonas pedonais e de ciclovias, tem amplos espaços verdes, acessos a pessoas com deficiência, uma rede de autocarros elétricos. A rede de autocarros elétricos é criada tendo em consideração dois objetivos: o centro não ser degradado com a poluição e afastar o uso de automóvel individual. O incentivo para deixar o automóvel fora do centro inclui a construção de sete parques subterrâneos e à entrada da cidade. Viana do Castelo tem grandes preocupações com a qualidade ambiental sendo conhecida como “cidade saudável”. Na cidade de Viana do Castelo destacam-se os seguintes locais e funicular a visitar:

  • Chafariz da Praça da República
  • Os Paços do Concelho
  • Edifício e Igreja da Misericórdia
  • Museu do Traje
  • Hospital Velho
  • Casa dos Nichos
  • Igreja Matriz
  • Casa dos Costa Barros
  • Capela das Almas
  • Ponte de ferro Eiffel
  • Capela das Malheiras
  • Casa dos Romeu Távora
  • Convento de Sant`Ana
  • Museu Municipal
  • Basílica de Santa Luzia
  • Igreja da Senhora da Agonia
  • Forte ou Castelo de São Tiago da Barra
  • Fortim da Areosa
  • Citânia de Santa Luzia
  • Navio-Hospital Gil-Eannes
  • Parque das Tílias
  • Parque da Cidade
  • Praça de Viana do Castelo
  • Campo da Agonia
  • Parque Ecológico Urbano
  • Centro de Mar
  • Funicular de Santa Luzia

Esta cidade minhota tem testemunhado uma grande aposta no crescimento hoteleiro com dois objetivos essenciais:

  1. Receber e alojar turistas
  2. Receber congressos e conferências internacionais

Atividades em Viana do castelo

Viana do Castelo tem uma forte ligação ao mar desde a sua fundação. Esta ligação está fundamentada na marina de Viana. A marina da cidade está localizada na margem Norte do rio Lima (coordenadas GPS: 41º 40,5`N 8º 50, 3 W). A marina tem duas docas: uma tem 163 postos de acostagem para embarcações até 20 metros de comprimento e 3 metros de calado. Esta doca tem água, energia elétrica, sanitários, balneários, fornecimento de combustível, grade de mares e uma rampa de embarcações; a outra doca tem 144 postos de acostagem para embarcações de menor porte. A marina de Viana do Castelo disponibiliza os serviços especializados de grua, grade marés e rampa varadouro. A ligação ao mar é visível nas praias

  • praia da Amorosa,
  • praia da Arda / Bico,
  • praia da Ínsua,
  • praia de Afife,
  • praia de Canto Marinho,
  • praia de Carrego,
  • praia de Castelo do Neiva,
  • praia de Fornelos e Promontório de Montedor,
  • praia de Paçô e
  • praia do Cabedelo

e pelas excelentes condições que tem para a prática de desportos náuticos, nomeadamente o surf, o remo, o windsurf, o kitesurf, a canoagem e a vela. Juntamente com estas atividades desportivas, Viana do Castelo oferece equipamentos de grande qualidade para a prática do desporto, nomeadamente o Centro de Alto Rendimento de Surf, o Centro de Canoagem de Viana do Castelo, o Centro de Remo de Viana do Castelo, o Centro de Vela de Viana do Castelo do Castelo, o Kartódromo de Viana do Castelo e o Campo de Golfe de Ponte de Lima, um dos ex-libris nacionais com mais de 6 mil metros e 18 buracos.

Festas de Viana do Castelo

Viana do Castelo é a capital do folclore português. A importância do folclore nesta região reflete-se nas festas e romarias que aqui existem. Entre elas há a destacar as Festas da Nossa Senhora da Agonia. Estas festas incluem a realização de uma procissão ao mar com centenas de barcos de pesca vindos de todo o país e da Galiza para prestar homenagem aos pescadores. Nesta altura as ruas da Ribeira de Viana do Castelo ficam todas enfeitadas com tapetes coloridos. Nas festas da Senhora da Agonia pode-se ver um desfile com mulheres vestidas de trajes tradicionais de noivas, de mordomas e de lavradeiras. A festa acaba com um fogo-de-artifício. Esta romaria está ligada à Igreja da Agonia, construída em 1674 em homenagem à padroeira dos pescadores e começaram em 1772.

O artesanato de Viana do Castelo, nomeadamente a louça, os bordados, a filigrana dourada e prateada e o calçado, têm destaque importante na tradição da cidade e são uma importante atração turística. A promoção do artesanato vianense inclui a realização de uma Feira do Artesanato na altura das Festas de Nossa Senhora da Agonia entre 10 e 20 de Agosto de cada ano. O artesanato de Viana do Castelo inclui vestuário tradicional único em todo o país, nomeadamente o Traje de Vianesa ou de Lavradeira, o Traje de Noiva, o Traje de Campo ou Trabalho, o Traje de Mordoma, o Traje de Morgada, o Traje de Homem, o Traje de Trabalho de Homem e o Traje de Noivo.

Viana do Castelo tem uma economia e um meio empresarial dinâmico em constante desenvolvimento. Viana aposta na criação de projetos inovadores, nomeadamente a Rede Portuguesa de Cidades Saudáveis, a Agenda XXI ou o Projeto de Cidades Sustentáveis; e na criação de infraestruturas de suporte às empresas locais e estrangeiras que se queiram fixar na cidade e no concelho e no apoio ao empreendedorismo como o Parque Empresarial da Praia Norte, o Parque Empresarial da Mendela, o Parque Empresarial de Lanheses e a Zona Industrial de Neiva.

Viana do Castelo tem ligações muito antigas ao bacalhau. É daqui que partem os navios bacalhoeiros para a pesca do bacalhau na Gronelândia e na Terra Nova. A gastronomia de Viana do Castelo inclui especialidades como:

  • a broa de milho,
  • a sopa de peixe (chorinha),
  • o camarão da costa,
  • a lagosta,
  • os rojões à moda do Minho,
  • o cabrito á Serra d`Arga,
  • o cozido à portuguesa,
  • o bacalhau à Viana,
  • o bacalhau à Gil Eanes,
  • o bacalhau de cebolada,
  • o arroz de polvo à moda do Minho,
  • o arroz de lampreia,
  • a pescada à vianense,
  • a caldeirada de peixe,
  • as meias-luas de Viana,
  • as rabanadas,
  • a torta de Viana,
  • os biscoitos de Viana,
  • as Santas Luzias
  • a aletria.

Viana do Castelo foi a primeira região vinícola portuguesa a exportar vinhos, neste caso para os mercados da Flandres e de Inglaterra no século XV. Os vinhos exportados foram os vinhos verdes de Melgaço e os da Ribeira de Lima. A região vinícola de Viana do Castelo inclui castas como:

  • Alvarinho
  • Loureiro
  • Vinhão

Factos rápidos de Viana do Castelo à data de 2017

  • População da cidade: 40 mil habitantes
  • População do Concelho: 91 mil habitantes
  • Orla costeira: 24 kms
  • Praias douradas e de bandeira azul: 8 (Afife, Arda, Paçô, Carreço, Norte, Cabedelo, Amorosa e Castelo de Neiva)
  • Praias marítimas: 11
  • Praias e zonas fluviais: 17
  • Campeonatos mundiais de surf: 2
  • Lugares de acostagem na marina: 307
  • Camas de empreendimentos turísticos: 1290
  • Parques de campismo: 2
  • Estacionamento em parques subterrâneos: 3000 em 7 parques
  • Trilhos pedestres: 22

menu